Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Nicarágua’ Category

Nicarágua

Chegamos em Granada depois de pegar uma maratona de ônibus públicos e em um deles um senhor (ao descobrir que somos Brasileiros) começou a elogiar o Pelé e o Santos sem parar, disse que nenhum homem tinha feito pela América Latina mais do que esse ¨negro de bom coraçao¨ e que era uma vergonha a Nicarágua nunca ter agradecido ao Brasil pelo que já fizemos pela América Latina. Alguns dias depois o tricolor hexacampeao foi reconhecido nas ruas de Manágua por um cidadao que gritou efusivamente ¡Saupaulo! de dentro do táxi ao me ver (Pedro) usando a camisa roja, blanca e negra nas ruas da capital. Isso por que o base ball é o esporte nacional deste país.

baiseball

Futebolismos à parte, Granada é uma cidade colonial de arquitetura e urbanismo típicos da espanha. Muitas cores pintam as paredes de todas as casas com seus agradáveis pátios internos.

granada_dia1

granada_topoigreja

granada_igrejas

Esse clima bucólico é radicalmente contrastante com a absoluta miséria existente na cidade e no país como um todo, talvez só a Bolívia tenha pobreza semelhante. O lixo se acumula em absolutamente todos os lugares, às vezes temos a impressao de estar no filme “Cegueira”.

granada_mercado

cds

Nesta cidade ficamos a tomar murritos e cervejas, além de passear pelas margens do lago Nicarágua. A dona do bar era sandinista e nos contou um pouco do processo que o país está vivendo: depois da revoluçao, os sandinistas ficaram de 16 anos fora do governo e ganharam a eleiçao presidencial há 2 anos (mandato de 5). Recentemente tiveram uma boa vitória nas eleiçoes municipais ganhando 105 prefeituras contra 37 da oposiçao.

mojito

cartazsandino

lago_nicaragua

granada_carroca

criancas_lago1

Depois de mais um ônibus público (talvez a viagem mais arriscada até agora, com o motrista pisando fundo e parando abruptamente para caçar passageiros) chegamos à Manágua.

O lago Manágua

O lago Manágua

As pegadas em acahulinca provam a existência do homem na América Central em 5000 A.C.

As pegadas em acahualinca provam a existência do homem na América Central em 5000 A.C.

A cidade foi destruída por um terremoto razoavelmente recente, e mutos terrenos ainda estao vazios. Na capital nacional fomos também ver o lago Manágua e conhecer a praça da Revoluçao Sandinista. Lá estao enterrados alguns dos fundadores da FSLN (Frente Sandinista de Libertaçao Nacional). É interessante que a direita permita que guerrilheiros e heróis da esquerda nicaraguense sejam homenageados oficialmente pelo Estado desta forma. Na praça encontramos Edgar, filiado a FSLN, que nos deu uma entrevista em vídeo sobre Sandino, a revoluçao e os desafios atuais da FSLN.

A catedral a prova de terremotos.

A nova catedral, a prova de terremotos.

A antiga catedral na Praca da Revolucao destruida pelo último terremoto.

E a antiga catedral, na Praca da Revolucao, destruída pelo último terremoto.

A torre da catedral marca a hora exata do terremoto

A torre da catedral marca a hora exata do terremoto

Na praca da Revolucao, o túmulo de Carlos Fonseca Amador - Fundador da FSLN

Na praca da Revolucao, o túmulo de Carlos Fonseca Amador - Fundador da FSLN

Cartaz de Sandino na Praca da Revolucao

Cartaz de Sandino na Praca da Revoluçao

Pelo que se pode avaliar, a Nicarágua parece estar desenhando um processo de mudanças profundas, como a Venezuela, Equador e Bolívia, para além do gerenciamento da macro política econômica que fazem Brasil, Uruguai e Chile. Uma demonstraçao desta direçao é a entrada da Nicarágua na ALBA. Na terceira Cumbre extraordinária da ALBA, Ortega fez claramente essa distinçao, analisando que nos países em que se propoe confrontar abertamente o processo hegemônico mundial, as eleiçoes podem ser lidas como o enfrentamento entre revoluçao e contra-revoluçao.

A principal bandeira deste governo é o fortalecimento dos instrumentos de domocracia participativa ou protagonista, mesmo por que o presidente eleito nao pode ser reconduzido na Nicarágua. Outra marca forte é a recuperaçao da tradiçao sandinista de igualdade de gêneros. Daniel Ortega estabeleceu que em seu governo 50% dos cardos devem ser ocupados por mulheres, e uma das principais candidatas à sucessao de Ortega é uma mulher, Rosário.

Os meios de comunicaçao aqui nao sao diferentes dos nosso. O Jornal La Prensa, da qual Violeta Barrios (a ex-presidente da Nicarágua, que sucedeu a revoluçao) é sócia, levava em seus editorias, durante as eleicoes municipais, a palavra de ordem Todos contra Ortega.

Aliás, falando em Violeta Barrios, vale mencionar que quando assumiu a presidência, em 90, ela perdoou os EUA de pagar à Nicarágua os 17 bilhoes de dolares em que foi condenado, pela Corte Internacional de Justica de Haya, pela guerra de agressao ao país e pelo financiamento das milicias anti-sandinistas!!!!

A TV estatal - canal 4

A TV estatal - canal 4 que sofreu vários ataques nos últimos dias.

Como nao podia deixar de ser, fomos ao Memorial de Sandino onde se vê, além da enorme silueta de Sandino, os tanques de guerra fornecidos por Mussoline e destruidos pela revoluçao.

dsc00867

tanque_mussolini

Nesse mesmo local podemos avistar toda Manágua e uma cratera do vulcao Tiscapa que hoje tem uma lagoa. Resolvemos conhecer mais de perto a cratera e descemos de canopy (tirolesa) em 3 cabos, o mais longo deles tinha mais de 50o metros de comprimento e cortava a lagoa em 2.

lago_tiscapa

canopy

A propósito, ainda bem que a gente fez esse canopy, porque na fronteira para Honduras um funcionário do governo estava fazendo uma pesquisa sobre turismo na Nicarágua e a gente tinha pelo menos alguma atividade turística para relatar (e dinheiro deixado no país com isso), porque ele tava ficando meio decepcionado…

Read Full Post »